Instituto Humanus participa da Primeira REHAFAIR – Feira Internacional de Tecnologias Assistivas, Empregabilidade e Esporte Adaptado

No último dia 20.10, o instituto Humanus, na figura do seu presidente Rodolfo Sonnewend; proferiu a palestra sobre Marketing Inclusivo durante o evento da Primeira REHAFAIR. O evento, ocorreu no Anhembi e contou com diversos convidados entre eles a secretária Geral do Instituto Luciene P. Jodar do Prado e a nossa diretora Marta de Almeida Machado. Na oportunidade foram apresentados as estratégias sobre Marketing Inclusivo, além da parceria com uma agência de Publicidade PCD.

 

Nas fotos o nosso presidente durante a sua palestra e do lado direito a nossa diretora Luciene P. Jodar e Marta A. Machado.

Vila Mariana realiza 1º Fórum das Pessoas com Deficiência

Evento teve a participação da secretária adjunta da SMPED, Marinalva Cruz, e reuniu cerca de 50 pessoas no último sábado

O 1º Fórum da Pessoa com Deficiência da Vila Mariana, realizado Pastoral da Pessoa com Deficiência da Região Episcopal Ipiranga, com apoio da Prefeitura Regional Vila Mariana e da SMPED (Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência), reuniu cerca de 50 pessoas no último sábado, 30, na FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação).

Coordenado pelos munícipes Márcia Nórcia e Carlos Campos, o fórum teve abertura do Frei Carlos, da Paróquia São Francisco de Assis, e contou com a participação da secretária adjunta da SMPED, Marinalva Cruz, Gilberto Frachetta, do CMPD (Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência), e Lucianna Trindade, conselheira municipal da Pessoa com Deficiência e conselheira municipal de Trânsito e Transporte, além de representantes da Fundação Dorina Nowil, Derdic, Grupo Novo Olhar, do Instituto Humanus, representado pela Sra. Marta de Almeida Machado, entre outras instituições da região.

O evento abordou temas como a acessibilidades nas ruas da Vila Mariana, com instalações de semáforos sonoros, calçadas com rampas de acesso e disponibilização de horários e paróquias com missas acessíveis com recursos de LIBRAS e audiodescrição.

Segundo a coordenadora Márcia Nórcia, o fórum ocorrerá a cada dois meses para acompanhamento das demandas levantadas e geração de novas demandas.